RECURSO ORDINÁRIO-0010364-04.2013.5.11.0015 - 1ª TURMA
 
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                       
 
Recurso de Revista
Recorrente(s):
GENRENT DO BRASIL LTDA
Advogado(a)(s):
KLAUS EDUARDO RODRIGUES MARQUES (EXCLUSIVIDADE) e OUTROS (GO - 29917-A)
Recorrido(a)(s):
FRANCISCO DE ALCANTARA CESAR JUNIOR
Advogado(a)(s):
UIRATAN DE OLIVEIRA (AM - 3431)
 

PRESSUPOSTOS EXTRÍNSECOS

Tempestivo o recurso (decisão publicada em 10/10/2013 - fl. 51612; recurso apresentado em 18/10/2013 - fl. 51989).

Irregularidade de Representação. Recurso Inexistente.

Não há como viabilizar o apelo por falta de atendimento do pressuposto extrínseco da legitimidade da representação.

O ilustre subscritor do apelo, Dr. Klaus Eduardo Rodrigues Marques (OAB/GO n. 29.917-A) , não procedeu com à juntada aos autos do indispensável instrumento de mandato, a fim de lhe assegurar legitimamente o exercício da representação, conforme dispõe o art. 37, caput, do CPC.

Registro, por oportuno, que em relação ao referido causídico, sequer restou configurado o mandato tácito (Enunciado n. 164/TST), uma vez que não participou de qualquer audiência na fase cognitiva (Id. 28416).

Face o exposto, deve ser denegado seguimento ao presente Recurso de Revista.

CONCLUSÃO

DENEGO seguimento ao recurso de revista.

Intime-se.

Manaus, 11 de fevereiro de 2014.

                    David Alves de Mello Junior

Desembargador do Trabalho, Presidente do TRT 11ª Região

hfs